<< voltar

Cineclube: seminário integrado

Visando aproveitar os temas já abordados sobre a questão de gênero e violência, buscou-se por meio dos  filmes Escritores da Liberdade (2007)  e Histórias Cruzadas (2011) refletir a respeito das possíveis soluções aos problemas sociais presentes. É necessário buscar novas abordagens para discussões e reflexões,  e o trabalho com filmes pode ser muito útil para conquistar a atenção dos alunos.

Primeiramente utilizamos as aulas de Seminário Integrado para assistir os filmes mencionados, como dinâmica, utilizando cartolinas e canetas, solicitou-se aos alunos que escrevessem suas impressões do filme, sobre aspectos positivos e negativos, incluindo lições que pudessem ser extraídas deles.  Os filmes serviram de suporte para reflexão dos alunos, pois, trata-se de duas histórias verídicas.

Após os alunos assistirem e discutirem os filmes, o grupo de bolsistas PIBID elaborou uma dinâmica com a turma. Sentados em círculo, os alunos repassavam uma caixa. A professora ficava de costas, e ao falar “parou”, a pessoa que estava com a caixa tinha opção de abrir ou não a mesma. Mas se abrisse a caixa, deveria executar a ação sorteada. Desta forma, foi possível trabalhar com os alunos a questão da coragem e da responsabilidade.

Cartaz de divulgação do filme Vidas Cruzadas (2011)

Cartaz de divulgação do filme Histórias Cruzadas (2011)

Cartaz de divulgação do filme Escritores da Liberdade (2007).

Cartaz de divulgação do filme Escritores da Liberdade (2007).

Debate sobre os filmes.

Debate sobre os filmes.

Grupo durante o debate.

Grupo durante o debate.

Momento da discussão e explanação de ideias.

Momento da discussão e explanação de ideias.