<< voltar

Jogos didáticos no ensino de História

Por meio da disputa entre 3 equipes, cada uma com seu capitão, as peças são movidas de acordo com a resposta dada para cada pergunta sorteada pela equipe, que dispõem de um minuto para reunir-se, consultar o caderno e o livro didático para resposta. Foi Desenvolvido um jogo de tabuleiro sobre o Renascimento aplicado  em uma turma do sétimo ano do ensino fundamental .

O jogo segue da seguinte maneira: o líder  vai até uma urna e dela retira um determinado número que corresponde a uma pergunta. Essa deve ser levada ao grupo, que através da consulta livre em seus livros didáticos pesquisa a resposta correta em um tempo pré-estabelecido. Em caso de acerto avança-se no jogo, já quando a resposta  for incorreta fica-se no mesmo lugar. Também deve ficar combinado que o jogo possui pegadinhas no intuito de torná-lo mais interessante, podendo o grupo avançar ou retroceder varias casas. A equipe vencedora é aquela que chegar primeiro ao final do tabuleiro.

Pretende-se, com este recurso, promover não somente uma nova perspectiva sobre o aprendizado, mas também incentivar os alunos a construir relações sociais, culturais e intelectuais, caracterizando o jogo não como “uma vocação particular para a educação, mas uma riqueza potencial de conteúdos culturais e de processos de construção, de transformação deste conteúdo”. (BROUGÈRE 2002, pg. 16). 

Materiais didáticos construídos pelos alunos

Materiais didáticos construídos pelos alunos